Tags

,

Wouldn’t it be awesome if you could travel to a past decade? Wouldn’t it be fun to be able to experience the fashion, food and music from the past? I think it would! Consequently, today we’re about to travel to the 10s with a vintage twist!

No, this is not another time traveling article and I’m certainly not presenting to you a time travel machine. I’m talking about experiencing the general vibe of the 10s, in today’s world. All we have to do is find the right place and be creative.

In the beginning of the twentieth century travelling overseas was something only reserved for the wealthy. It was the start of the “ocean liner era” where speed, size and luxury were the key aspects. The Cunard ship Mauretania was launched in 1907 and held the speed record for crossing the Atlantic for twenty years.

.

Não seria fantástico poder viajar para uma década passada? Não seria divertido ser capaz de experienciar a moda, comida e música do passado? Eu acho que sim! Consequentemente, hoje estamos prestes a viajar para os anos 10 com um toque vintage!

Não, este não é um típico artigo de viagens no tempo e eu certamente não vos vou apresntar uma máquina do tempo. Eu estou falar sobre experimentar o ambiente dos anos 10, no mundo actual. Tudo o que temos a fazer é encontrar o lugar certo e ser criativo.

No início do século XX, viajens intercontinentais eram algo reservado apenas para os ricos. Foi o início da "era transatlântica", onde o tamanho, a velocidade e o luxo foram os aspectos-chave. O navio da Cunard Mauritânia foi lançado em 1907 e durante 20 anos deteve o recorde de velocidade a cruzar o Atlântico.

How to do this today? Como conseguir isto hoje?

   

all images via Google

Well, cruises are even more popular nowadays. However, to experience the spirit of travelling in order to actually get somewhere -  instead of going on board just to eat and drink  – there’s the Queen Mary II which is the only vessel sailing a transatlantic schedule each year.

Ora, os cruzeiros são ainda mais populares hoje em dia. No entanto, para experimentar o espírito de viajar para realmente chegar a algum lugar – em vez de ir a bordo apenas para comer e beber – temos o Queen Mary II, que é a única embarcação navegavel com uma agenda transatlântica todos os anos.